domingo

nunca tenho a certeza do que realmente quero, e sei que isso não é o melhor, no entanto, não resisto a querer. querer não é proibido, mas ter pode sê-lo. talvez por isso eu queira muita coisa que não tenho, é a vida, diriam os mais velhos, sábias pessoas.

mas posso tentar pensar que sei aquilo que nunca soube ao certo. isso não é uma certeza, é antes uma constatação. não preciso de alguém que me venha dizer o que fazer ou dizer, principalmente quando tenho consciência de que aquilo que faço ou digo é da minha inteira responsabilidade, e não dos outros.

e não é tarde demais para voltar ao início. não é tarde demais para encontrar um rumo. mas é tarde demais para me arrepender de algo que nunca disse nem fiz.

porque dizer e fazer nunca me impedirão de querer aquilo que não posso ter.

(terceira parte de algo indefinido. a história continua. eu continuo. tu ficas para trás.)

3 comentários:

Vanessa disse...

E dizes tu que nao escreves nada de mais -.- Nao sabes o que dizes paizinho :'p

"e não é tarde demais para voltar ao início. não é tarde demais para encontrar um rumo. mas é tarde demais para me arrepender de algo que nunca disse nem fiz."

AMEI +.+

JRonson disse...

como ja te disse, escreves mesmo maravilhosamente *.*

jotajota disse...

Oi! Tens aqui um blog interessantissimo. Pena não conseguir fazer registo. Aperece :-)

jtjt