sábado

as luzes ofuscam-me. estou no meio de algo, perdido. luzes de um lado. luzes do outro. luzes à minha volta.
continuo perdido à medida que caminho. o meu orgulho não me deixa encontrar-me em sítio algum, a minha memória falha e as sensações atraiçoam a minha vontade.
sinto um desespero enorme, ouço gritos desnecessários, vejo quadros que nem Picasso pintaria. faço tudo que nunca quis fazer, nem quis ser obrigado a fazer. atropelo as minhas decisões, enquanto os meus sonhos são atropelados.
todos os acidentes afectam aquilo que sou e que poderia ser.
não mando na minha solidão, nem consigo chegar ao estado de pura loucura. nunca limpo as lágrimas antes de escorrerem. nunca sei o que vai acontecer a seguir, ou porquê.
por mais que aquelas paredes fossem reais, eu sentir-me ia ficção pura e dura. mas não. a dor faz-me voltar atrás e perceber que não estou dentro de uma canção de embalar.
estou no meio de muito, cheio de pouco e com falta de algo.

as luzes ofuscam-me. continuo perdido. talvez se virar à esquerda eu me encontre e tudo fique bem. o ar que vou respirar é o mesmo, o asfalto debaixo dos meus pés cansados não muda. eu é que mudo? não. as pessoas fazem-me mudar. eu não escolhi ser quem sou. nem tenho a certeza se isto é o que quero - escolheram por mim, forçaram-me a viver esta vida miseravelmente estranha.
Estranha? Sim.

Porque é estranho algo miserável me fazer sentir vivo como esta vida faz.
Por pior que seja.

As luzes ainda me ofuscam, mas vê como cresci. Perdi tempo, percorri quilómetros.
Mas a esperança nos meus olhos é a mesma.
O bater deste coração é o mesmo.
Por dentro sou o mesmo que caiu quando não conseguiu.
O mesmo que gritou com as paredes (que antes eram reais).
O mesmo que se esqueceu do que é sorrir (por mais que isso custe).
O mesmo que não deu valor ao que é verdadeiramente valioso (e se arrepende).

As luzes vão apagar-se.
Um dia vou sair do meio da estrada e abrir-te o meu coração.

2 comentários:

telma maria disse...

olha, olha que ele até sabe escrever. gostei muito.

simm simm a foto senao de qualquer maneira um dia ponho eu ahahhaha

FLÁVIOMATA disse...

Gostei muito.
Especialmente da descrição do blog, tá demais.